Verba milionária do judô vai para empresa de dono que nunca ninguém viu

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. Junio Kemil disse:

    O mundo dos esportes olímpicos seguem sem mecanismos de defesa, fiscalização e sem holofotes daqueles que preferem ter menos trabalhos com os decretos das sextas-feiras.

  2. jose antonio pimentel siqueira disse:

    Parabens Lucio pela iniciativa. Torço muito para o sucesso desta empreitada, que voçe abraça agora.

  3. Bia Rago disse:

    Quando o judô não conquista a meta de medalhas os judocas são chamados de amarelões… Aliás, isso acontece em todos os esportes olímpicos no Brasil. Parabéns ao Lúcio de Castro por jogar luz nos dirigentes esportivos, que têm a maior responsabilidade pelo desenvolvimento do esporte.

  4. Vinicius disse:

    Tremendo trabalho de investigação.

  5. Fernando Franca disse:

    Maior exemplo de empresa fantasma…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.