O juramento do jornalista

9 Resultados

  1. Tadeu Magalhães disse:

    Vamos lutar e resistir, Lúcio!!
    Sempre!

  2. Matheus SCHAEFER disse:

    Parabéns por manter essa trincheira de resistência, Lúcio!

  3. Mauro Sampaio disse:

    Simplesmente vc me representa. Inclusive no desejo de largar tudo e vagabundear por aí. Parabéns, jornalista decepcionado com o Brasil e suas redações, Mauro Sampaio.

  4. Ronaldo disse:

    Lúcio de Castro, você é o cara. Não sou jornalista e deve ser por isso que concordo com você.

  5. Fabrício Soares disse:

    Caro Lúcio, obrigado por nos brindar com sua escrita resistência, forjada na experiência da carne!
    São escritas encarnadas que movem, já que a vida é movente, das praças, os que continuam “dando milho aos pombos”. E milho envenenado.
    Mover não no sentindo de uma certa conscientização, mas na produção de algo que incomode, que contribua com uma ética da vida.

    Sentindo a sua postagem, dentre as várias músicas que dizem sobre vagabundo, me recordei de “amiga vagabunda”, de André Prando.
    Vagabundos. Presente!

  6. Daniel Fessler disse:

    Obrigado por mais um texto arrebatador.

  7. Felipe C disse:

    Amigo Lucio, seu texto me toca a alma e não deixa morrer em mim a capacidade de se indignar, em momentos que estou prestes a entregar os pontos, devido a tanto rolo compressor.

    Amigo, como alguém tão lúcido, com uma sensibilidade jornalística e humanística ímpar, pode ser torcedor fanático do time dos patrões marítimos, aqueles que se têm como donos do Brasil? Se valem do CRF quase como um veículo oficial de futebol!

    Conhecedor que é dos porões do esporte patropi, de certo sabe o pesado papel desse clube em toda sorte de ladroagem.

    É uma curiosidade sincera minha, he he, que tenho desde seus tempos de ESPN.

    Todo modo, parabéns pela nova empreitada: meta bronca e siga em frente!

  8. Luis Augusto disse:

    É lamentável que exista tanta gente que só saiba seguir ordem, como se nao tivesse consciência ou discernimento, isso vai do pm que só aprendeu a bater ao “jornalista” (da pra chamar assim?) que vomita as palavras que mandaram.

    Por isso agradeço a sua forma de trabalhar e lutar, Lucio. Ocorre que hj eu procuro muitas vezes vir aqui e ler, por confiar que esse juramento tem se cumprido, como deve ser.

  9. Omar El Khatib disse:

    Simplesmente ( e tristemente) verdadeiro. A grande maioria dos jornalistas dos maiores meios de comunicação estão jogando o jogo das elites no qual o povo é invisível.
    Ainda bem que temos grandes jornalistas em sites e blogs que lançam alguma luz na escuridão.
    Parabéns Lúcio !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.