Quem são “os moradores do Leblon que não querem um estádio na Gávea”?

44 Resultados

  1. David disse:

    Que texto, Lúcio! Que falta vc faz na televisão. Parabéns. Ah, e um alô para os moradores do Leblon: Se não perceberam, nós já estamos invadindo a nossa praia. Abçs!!!

    • DANIEL SPERANDIO BARLOESIUS disse:

      Acho que não faz falta na TV, tamanho o talento que possui com a linguagem escrita. Confesso que não era tão fã do Lúcio, quando só o conhecia através da tela. Agora nos textos… o cara é iluminado.

  2. Marco Jardim disse:

    Lindo texto! Me senti em cada cenário descrito. Democracia é isso. Debate com todos. Bem lembrado sobre a rua aberta, lembro que a ponte sobre o canal de Alah foi anunciada que era provisória e que percebi
    Após as obras do Metrô seria desmontada.
    Abraços meu camarada.

  3. Pop disse:

    Lúcio,

    Seus textos sempre me arrebatam.
    Como morador da Gávea, que teoricamente tb será afetada, recebo a notícia do estádio com grande alegria.

    Parabéns mais uma vez!

  4. Helio Griner disse:

    Sammy Daves jr e Doval, ídolos do Leblon.

  5. artur disse:

    Uma lágrima caiu… nojo de gente q acha q é superior pq mora em algum lugar ou pq tem alguma coisa…

  6. Quinho Córdoba disse:

    Porra Lúcio!!!Texto FODA!!!

  7. Antonio Marcos disse:

    Grande Verdade Lúcio de Castro! Infelizmente a verdade dói! E “os que não querem” jamais irão admitir isso!

  8. Eduardo Varella disse:

    Gonçalense (Nascido em São Gonçalo). Papa-goiaba! Não consegui chegar no fim do texto sem “dar um google”, pra crer. Texto relevante. Parabéns, Lúcio. Sou seu fã!

  9. Adolpho disse:

    Mais uma belo texto. Parabéns Lúcio de Castro!

  10. Leandro s. Ferreira disse:

    Parabéns Lúcio de Castro vc é um mestre das letras que que enche os olhos de emoção

  11. Roberto Jun disse:

    Sendo ou não moradores do Leblon (independentemente da faixa de renda) acho ridículo pessoas acharem que tem mais direito que moradores de outros bairros. A cidade não é divida por castas, e os impostos são arrecadados para o mesmo fundo. Portanto, ter ou não metrô, ter ou não um estádio é uma discussão a nível municipal e não a nível de bairro.

  12. Brunno disse:

    Se todos os putos do Leblon lessem esse texto, ficaria claro que não são eles que não querem.

  13. Kyra disse:

    Claro que nós moradores antigos do Leblon queremos o estádio na Gávea. Não queríamos shopping.

    • Paulo pinho disse:

      Texto verdade. Moro no Leblon em uma bela cobertura em rua cara e nunca aceitei a construção do shopping. A comunidade a favor é dirigida por uma minoria dominada por uma comunidade racista e que se diz sempre perseguida historicamente mas materialmente ligada às construtoras que destruíram o Leblon. O Flamengo é povo e isso incomoda esta estrelada minoria. A verdade incomoda.

  14. Augusto disse:

    texto sensacional e sensível , que falta faz Lucio de Castro hj na TV , sou por acaso morador da dias Ferreira e plenamente favorável a construção mas , tbem como flamenguista , que precisa ter lugar para todos , um absurdo no bairro é acabarem do a cobal como estão pretendendo

  15. Wanderson Oliveira disse:

    Belo e verdadeiro texto!

  16. Mário Cunha disse:

    Parabéns pela matéria Lúcio!! Sofro esse preconceito diariamente, sou nascido e criado na Cruzada, taxista, e sofro todas as vezes que tenho que passar por dentro da Cruzada com passageiros, escutando os maiores absurdos possíveis, preconceitos escrotos, e o pior de tudo, calado, por estar trabalhando. De qualquer forma, fico feliz em saber que ainda existam pessoas lúcidas e conscientes como você, vivemos hoje dias de desesperança, descrença em tudo e em todos, mas estou feliz por não ser invisível!! Rsrsrs

  17. Mário Cunha disse:

    Só um detalhe que esqueci de frisar… Sou Vascaíno!! Kkkkkkkkk

  18. Daniel Fessler disse:

    Parabéns, Lucio. Você emociona.

  19. Marcelo disse:

    Vaidade,vaidade ,vaidade com todo dinheiro . Não passam de um sopro

  20. Giovani Campos disse:

    SENSACIONAL!

  21. Ricardo Gelo disse:

    Grande texto, Lúcio! Ótima reflexão!
    Em todo lugar NO MUNDO, os estádios ficam dentro das cidades. E isso é óbvio, caso contrário, teríamos que pegar “aviões” para ir aos jogos. Que essa moça – “dona do Leblon” – tenha a sensatez de ‘observar’ que o estádio trará melhorias para o bairro, e não ‘piorias’.
    Conversamos uma madrugada no balcão da Pizzaria Guanabara, mas faz tempo, vc não vai lembrar, por óbvio. Mas concordo com o colega abaixo: que falta vc nos faz na TV.
    Forte abraço!

  22. Eurivo Cruz disse:

    Sensacional, como sempre! Obrigado pela lucidez, Lúcio!

  23. Lais disse:

    Simplesmente PERFEITO!!!

  24. Almir Ernani disse:

    Parabéns meu querido.Vc sempre botando pra cima a história da cruzada.Obrigado por mencionar o meu nome é o do Adílio.

  25. Carlos Gil disse:

    Precisar, não precisava. Tá redondinho. Só mais uma provocação. Por que o morador do engenho de Dentro não foi consultado na construção do Engenhão/Nilton Santos? Não é área residencial? Não impacta o trânsito? Ou, a exemplo do morador da Cruzada, o suburbano não tem que opinar?

  26. Rogério disse:

    Muito apropriado cada palavra e comentário. Entendo que o clube do Flamengo precisa ser bem aproveitado, para que todos possam usufruir dele e de tudo o que ele pode oferecer. Parabéns. Você é D+.

  27. Marco Tulio disse:

    Esse é ídolo. Morador do bairro, um verdadeiro intelectual que não se esconde, sai nas ruas, conhece o povo e interage com tds. Fica aqui meu registro de enorme respeito e admiração a esse grande jornalista. Moro na selva de pedra e nunca vi ninguém ser consultado sobre o novo estádio. Reitero que essas associações, todas elas, somente buscam seus próprios interesses políticos. Parabéns pelo texto meu amigo

  28. Marcos disse:

    Coisa linda meu amigo Lúcia, realmente as vezes os moradores parecem invisiveis aos olhos do leblon, mas isso faz nós moradores ou ex correr atrás com mais força.
    Parabéns pelo texto, pela sensibilidade e humanidade para com o próximo.
    Aproveitando, esqueci de avisar Samy morreu kkkkkk

  29. Ziro de Holland disse:

    Querendo ou não, prevalecerá a ordem imposta pelo poder. A cidade maravilhosa é cara. O m² mais caro do país entregue de bandeja às favelas. Evidente que não seria para sempre. Gente folgada!
    Nosso país é imenso, vão morar onde podem. Assim como milhões de brasileiros que adorariam morar nessas “zonas nobres” do Rio.

  30. Mauricio disse:

    Que texto, Lúcio! Me senti contemplado por sua fica explanação.

  31. Paula Marques disse:

    Texto muito inteligente. Infelizmente, temos que lidar no dia a dia com o preconceito velado dos que se consideram a nata da sociedade, isso me lembra Hitler, que com sua teoria da ” raça pura” ( Hitler) colocou à parte e dizimou milhares de pessoas, e se repararmos, é isso o que faz também o Direito Penal no Brasil, cujas leis somente tem aplicação para os pobres… toda essa situação fática dá o que pensar !!!

  32. Maravilha de texto, Lúcio. Você me representa. Escreve fácil, diz tudo na lata, é referência. Obrigado por ter me parado para ler.

  33. Celso Ferrari disse:

    Bem…o texto poderia ser mais direto…o inchaço do bairro não será pela Arena,já que é num extremo do bairro,aliás,Gávea e sim pela transformação dos sobrados em grandes prédios comerciais …não acho que a Cruzada ou qualquer outro conjunto tenha prioridade na opinião…e qual os argumentos.
    Outra coisa…a Cruzada não é colada ao Flamengo…colado ao Flamengo é a Selva de Pedra.
    Morei na Humberto de Campos 635,prédio que construímos em 55, que ainda existe com o nome do meu avô Ângelo Ferrari e no tempo convivíamos com o pessoal da Cruzada e Praia do Pinto
    cotidianamente…vi todo incêndio em 69 e inclusive desafio todas pesquisas que dizem ter sido 11/5/69,Domingo…foi dia 9/5,Sexta-feira…no sábado fizemos uma blitz na Rua Cupertino Durão, pra arrecadar $ e alimentos preparados nos panelões do curso de culinária doméstico sem fins lucrativos que minha mãe mantinha.
    Acho que deve der feito um estudo técnico isento sobre SE haverá e QUAL Impacto ambiental no Leblon que será chegada e saída dos torcedores
    Sejamos democráticos…todos moradores tem o mesmo direito e peso na sua opinião.

  34. Carlos Vinícius disse:

    Será que voltaremos a ouvir que no primeiro tempo o Flamengo defenderá o gol ao lado da selva de pedra e atacará o gol ao lado do Corcovado. Saudades dos jogos na Gávea!!!

  35. Fernando disse:

    Como sempre falando a real. Cruzada faz parte do bairro, tem que ser respeitada e ouvida. Pessoas maravilhosas são de lá. Salve.

  36. Molhando o pão no café fui fazendo um retorno para o Rio que um dia me fez sonhar. Tu consegues patrocinar essas viagens de forma simples e embalada na boa calmaria. Fica fácil a reflexão , obrigado

  37. Guilherme disse:

    Parabéns. Texto ótimo, cruzada ótima. Aproveito para pedir um texto equivalente para o fim da casa popular na Gávea, que foi demolida para construção de estacionamento dos alunos da PUC, e do aumento de custos para a construção da Estrada Lagoa-Barra, e o estupro realizado no conjunto habitacional alí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.