Tag: Esporte

0

Ah, se a Madame abrir a boca… Como a “delação-magoada” pode salvar o esporte

Um dos grandes mestres do jornalismo brasileiro, multipremiado repórter, com quem divido muitas das angústias do ofício e a quem recorro muitas vezes para compartilhar eventuais dúvidas sobre reportagens e procedimentos é fascinado por ex-mulheres. Poucas pessoas têm um cartel de relacionamentos com ex-mulheres (de terceiros) assim tão rico. Sem julgamentos apressados. É realmente no melhor sentido profissional. Relações absolutamente profissionais. Entendeu como poucos um dos mandamentos básicos que todo foca deve saber: uma ex-mulher de um desses gângsteres que abundam por aí é uma caixa-preta por vezes maior do que qualquer arquivo de documentos. Fonte mais rica do que qualquer delator premiado.

Leia mais ->.
1

Negócio entre confederações de judô e vôlei usa dinheiro público no preço mais alto

Dois amigos recebem verba do estado. Combinam que um vai prestar serviço ao outro. Acertam um valor. Sem controle de quem deu o dinheiro. Resultado: a ação entre a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) e Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) faz com que o dinheiro público pague despesas entre eles com preços inflacionados.

Leia mais ->.
10

O esporte brasileiro tem que acabar

“Meu nome é Roberto Nascimento, sou tenente-coronel da Polícia Militar do Rio de Janeiro e dediquei 21 anos da minha vida para a polícia, de modo que não é fácil o que vou dizer aqui agora mas a verdade é que a PM do Rio tem que acabar”. Sonhei muitas vezes em poder repetir a cena em Wagner Moura dá vida ao maior ferrabrás da história do cinema nacional, o Capitão Nascimento, em seu pronunciamento na Assembleia Legislativa do Rio, na histórica cena de Tropa de Elite 2.

Leia mais ->.