Tag: Judô

2

Com dinheiro público, judô paga o dobro por tatames a doador de campanha política

Foram mais de cinco milhões de reais gastos na compra de 8.575 placas de tatames em dois anos. Dinheiro público, vindo de convênios com o Ministério do Esporte. Poderia ter sido pela metade do preço. Mas em vez de se valer da lei a que tinha direito e obter isenção de impostos, a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) escolheu comprar através de uma empresa que é também doadora na campanha de políticos ligados a entidade e ao ministério.

Leia mais ->.
1

Negócio entre confederações de judô e vôlei usa dinheiro público no preço mais alto

Dois amigos recebem verba do estado. Combinam que um vai prestar serviço ao outro. Acertam um valor. Sem controle de quem deu o dinheiro. Resultado: a ação entre a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) e Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) faz com que o dinheiro público pague despesas entre eles com preços inflacionados.

Leia mais ->.
1

Investigado na Lava Jato, líder do governo faz lobby por CBJ na Petrobras

Investigado por participação no esquema de corrupção da Petrobras na Lava Jato, o líder do governo na Câmara, André Moura (PSC-SE), é um dos lobistas da Confederação Brasileira de Judô (CBJ) pela renovação e aumento do valor no contrato de patrocínio da estatal. O colega de base parlamentar Luis Tibé (PT do B- MG) também tem participado dos esforços.

Leia mais ->.
0

Ministério do Esporte financiou projetos pessoais de diretor da CBJ

O Ministério do Esporte patrocinou empreendimento pessoal do diretor de marketing da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), Maurício Carlos dos Santos. Subindo um pouco no mapa, o “Minas Gerais Territórios Esportivos”, projeto que operou como uma ação entre amigos e funcionários do dirigente na contratação das empresas prestadoras de serviço, transformou-se no “Bahia Território Esportivo”. Um outro convênio chegou a ser aprovado pelo órgão federal, o “Ipatinga Territórios Esportivos”, depois abortado.

Leia mais ->.
1

Prestação de contas revela projeto entre amigos de diretor da CBJ

Uma ação entre amigos e funcionários do diretor de marketing da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), Maurício Carlos dos Santos, está por trás da cadeia de empresas contratadas para execução de um evento pago com dinheiro público. É o que revelam as notas fiscais e os contratos do programa “Minas Gerais Territórios Esportivos”, realizado entre os dias 6 de março a 29 de maio de 2016.

Leia mais ->.