O esporte brasileiro tem que acabar

Você pode gostar...

12 Resultados

  1. Diego Nunes disse:

    Lúcio, é muito bom ler os seus textos e as suas matérias. Elas são fundamentais pro esporte, pro jornalismo epra sociedade. Se cada um tem a sua função social, como acredito, essa é a sua: tornar público o que poderosos querem esconder. O nosso país sempre esteve nas mãos de poucos e a luta por uma real democracia passa pelo jornalismo sério e compromissado. Quase fiz Comunicação Social, mas mesmo dentro da Sociologia tenho-te como uma referência de profissionalismo e caráter. Continue assim e obrigado por tudo. Abraço!

  2. Alexander Podoslatrus disse:

    Grande Lucio de Castro, excelente seu blog! Lendo essas denúncias envolvendo a CBJ fico estarrecido, e desanimado com o esporte brasileiro. Eu como esportista e professor de educação física sinto até uma tremenda vergonha na verdade. Acompanhei o dossiê volei e houve alguma punição? Ou ficou por aquilo mesmo? Sinto que no judô, pelas réplicas do Sr. Maurício Santos que ficará por isso mesmo, tamanha a confiança na impunidade nesse país. Para eles é normal cobrar “a volta” dos contratos com empresas parceiras, parece que faz parte do jogo. É de indignar!

  3. Celso disse:

    Lúcio parabéns, agora temos mais um para contar as verdades do esporte nacional. Sobre o blog, por favor mude o contraste de cor dos textos, muito claro e difícil de ler. Obrigado

  4. Leandro Diesner disse:

    Grande Lúcio de Castro,
    É muito bom saber que, em meio a essa mídia omissa e conivente que temos no país, ainda existem jornalistas sérios e corajosos, dispostos literalmente a expor o que há de mais podre no esporte brasileiro.
    Seu trabalho é um verdadeiro oásis no deserto de informações sérias que virou a imprensa tupiniquim.
    Parabéns e longa vida à sportlight.
    Grande abraço.

  5. Matou dois coelhos com uma cajadada. A polícia militar e o esporte nacional são antros de corrupção e imoralidades tão grandes quanto no Congresso, mas se beneficiam de uma certa sombra onde os holofotes não chegam e nem querem chegar.

    Tem muita coisa que precisa acabar neste país.

  6. Paulo Roberto disse:

    Brilhante texto, sinto falta deles no site da ESPN. Azar da ESPN.

  7. André disse:

    Pelo menos aqui não tem coxinha, verde amarelo e batedor de panelas. Pois eles não pactuam com o Brasil, eles são joguetes nas mãos da elite miserável brasileira, e ainda se acham elite. Porcos miseráveis, recebem migalhas em troca da miséria alheia, e ainda terão que trabalhar até os 65, ou a ficha ainda não caiu?

  8. Paulo Carneiro disse:

    Nós não temos mais o que fazer pois o Clube do Rio é muito forte e a impunidade é o lema dos velhinhos da Tijuca.

  9. Grande Lucio,você já vem há anos nos elucidando sobre a face oculta do esporte nacional,e nös,ouvintes,e agora leitores só temos que lhe parabeniza-lo pela riqueza de informacoes.

  10. Grande Lucio,você já vem há anos nos elucidando sobre a face oculta do esporte nacional,e nös,ouvintes,e agora leitores só temos que parabeniza-lo pela riqueza de informacoes.

  11. Andréa Alves de Sá disse:

    Maravilhoso. Simplesmente perfeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.