O professor de histeria e a História

20 Resultados

  1. Flavio Borges disse:

    Leciono História a 17 anos e convivo diariamente com desinformações deste pseudohistoriador. Desconstruir suas bobagens, pode ser comparado a comentar sobre o programa da Sônia Abrão. Mas não me assusto, os tempos são outros e como disse o filósofo Umberto Eco “As mídias sociais deram o direito à fala a legiões de imbecis que, anteriormente, falavam só no bar, depois de uma taça de vinho, sem causar dano à coletividade”.

  2. Vinicius disse:

    Excelente!

  3. João Luiz disse:

    Que texto brilhante.

    Que espaço maravilhoso
    Lúcio de Castro, mais uma vez, parabéns.

  4. julio adler disse:

    Devemos agradecer ao Vila por provocar essa mistura de pena e pavor no Juca e no Lúcio.
    Senti isso ao ouvi-lo, desavisadamente, numa radio qualquer na epoca em que o indistinto fazia troça da Comissão da verdade.
    Percebe-se imediatamente o forte odor de oportunismo – da radio e o do oportunista – naquela vontade louca de arrecadar simpatizantes a qualquer preço.
    A turma daqui que milita no jornalismo esportivo sabe o quanto é fácil e barato aderir ao linchamento da torcida.
    Vila joga pra torcida.
    Nem ele acredita de fato nas asneiras que vomita.
    Toda vez que é confrontado (Rabello de Castro, Soares, Haddad) sorri sem jeito e finge paisagem.

  5. Chico Lins disse:

    Craque

  6. Luís Fernando Carniel disse:

    Grande Lúcio de Castro. Saudades de ti na ESPN à hora do almoço.

  7. Perfeita análise, Lúcio. Infelizmente, tem sido angustiante caminhar pela rede social e verificar que absurdos vociferados por gente como o tal professor de histeria reverberam pela web rapidamente como se fossem verdade e sem o mínimo de pesquisa para analisar a veracidade dos fatos. Sou professor e é complicado ter que dividir espaço com esse tipo de gente na mente da galera jovem. Mas vamos em frente, pois a geração de hoje não merece pouca informação ou informação errada.

  8. Vitor Monteiro disse:

    Parabéns, Lúcio!
    O tal “historiador” citado é a versão brasileira de David Irving? Parece, né? Tem outros por aí. Saudações.

  9. marcos marchetti disse:

    Por favor…….convidem o marco Villa e façam um debate, um falando do outro é muito pouco, não acredito que ele seja tão péssimo qto. falam, estamos em uma democracia, temos que confrontar ideias, não sou a fovor nem de um e nem do outro, alias gosto muito de todos ( trajano, juca e o Lucio de Castro )

  10. E se pararmos para pensar, o modus operandi da Ditadura Militar ainda não acabou, vide a violência policial, como a PM trabalha, aqueles casos isolados de todos os dias.

    Um ex-colega de ESPN, Gerd Wenzel, que foi perseguido pela Ditadura, diz com extrema lucidez que o país não resolverá suas mazelas com relação a esse período enquanto todos que praticaram crimes em nome do Estado não forem culpabilizados, pois é este um fator que possibilita que ainda exista gente que glorifique tão nefasto período da história nacional.

  11. Vania disse:

    Esse Villa é um enfezadinho querendo passar por historiador. Todo comentário dele é pobre de argumento e bate na mesma tecla. Uma decepção que ele tenha espaço na mídia.

  12. idpj disse:

    Deve ser tratado como semi imputável
    Ser negado o embate ou aceito qquer desafio
    Mas…
    A tentação de um corretivo parece q é generalizada
    Fica a dica

  13. Marcelo Camargo disse:

    Grande Lúcio de Castro abraços!!

  14. Bia disse:

    Eu queria saber como esse cara tem vínculo empregatício com a Federal de São Carlos, em regime de dedicação exclusiva, e está todos os dias participando de programas na rádio Joven Pan em São Paulo… Ele não trabalha na UFSCar? Ele nunca vai lá? Ele não dá aulas? Ele não está no campus à disposição dos alunos? Ele vai e volta de jatinho, teletransporte? Qual é a dele? Ele consta como docente tanto no site da UFSCar como no Currículo Lattes dele (que é ele próprio que edita), ou seja, professor de lá, ele é. Mas pelo jeito ele vive de dar um tremendo golpe na UFSCar, que paga o Villa para ele ficar trabalhando em mídias que só fazem propaganda de Temer, Aécio, Dória, etc. Alguém que faz História na UFSCar já teve aulas com esse sujeito? Qual é a fama que ele tem na universidade? Bom, pelas ações dele, podemos adivinhar… Parece ser o velho chupim mamando num empreguinho público mas que roda a baiana com os ditos “vagabundos” “sustentados” pelo governo…

  15. Rodilson Campos disse:

    Parabéns Lúcio! Excelente texto. Finalmente descobri você aqui. Depois de muito tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.