Adriano Imperador, Eduardo Galeano e uma imprensa que não olha o próprio rabo

32 Resultados

  1. Rafael disse:

    Renascimento, Iluminismo, Romantismo e por fim chegamos ao MORALISMO. Esse brasil e suas contradições. Parabens pela matéria. Foi uma ótima leitura.

  2. Rogério disse:

    Lucio, como vc faz falta na ESPN. Vê-lo no Bate Bola durante o horário do almoço, explanando lucidez e amarrando a análise futebolística/esportiva com outros âmbitos da nossa sociedade, foi marcante (afinal, esporte não é somente esporte). Após o programa, reunia-me com amigos para comentar o programa de vcs. Até criamos a nossa “barraca do Aguinaldo”. Enfim, escrevo tudo isso para externar minha admiração pelo seu trabalho e desejar vida longa: em época de obscurantismo declarado e permitido, ser a mosca na sopa é deixar uma herança para o futuro do nosso país, quando, espera-se, seja adequadamente narrada a verdadeira imoralidade pela qual passamos atualmente. Para terminar, ótima análise que vc apresenta e agradeço por nos presentear com essa particularidade do Eduardo Galeano. Não é fácil ir na contramão da mídia hegemônica, mas, precisamos de vc para mostrar qual a diferença entra a imprensa e a “emprensa”.

  3. Marco Antônio disse:

    Obrigado pelo excelente texto, mexeu com os meus sentimentos. Parabéns.

  4. E o falso moralismo, seguido do corporativismo, tenta denegrir a imagem dos que não têm crimes, ou possuem delitos pequenos, em troca dos peixes grandes. Grande Lúcio de Castro, ótimo texto! E viva o Brasil kkkkkkk

  5. Robert Deivid Pinheiro Machado disse:

    Lúcio de Castro é Lúcio de Castro…
    Simples assim….

  6. Monica Puga disse:

    Como admiro seu trabalho! E como jornalista que não seguiu exatamente o caminho desejado por falta de talento ou acomodação, seus textos e reportagens me confortam.

  7. Roberto Almeida disse:

    Bacana, Lúcio. Muito verdadeiro.

  8. Alex disse:

    Excelente reflexão sobre a nossa moralidade. Parece-me conveniente ler este texto pouco antes de inciar o livro “A Elite do Atraso” do professor Jessé de Souza.

  9. Claudia Silva disse:

    Lucio, você falou com brilhantismo sobre a hipocrisia que ronda a imprensa. Essa semana teve um caso esdrúxulo que demonstra exatamente isso: a filha do Fernandinho Beira-Mar vai virar vereadora. A matéria cita com destaque que ela é filha do maior traficante do Brasil mas não dá qualquer referências a problemas na candidatura (se falou na época), se ela cometeu algo de errado. Pelo contrário, afirma que ela é cirurgia dentista atuante e evangélica. Agora, filhos de contraventores condenados aparecem em colunas sociais e nem citam o nome dos pais. Filhos e mulheres de políticos na cadeia continuam frequentando atras VIPs convidados em todos os eventos. Mas isso é normal. Errado e ter amigo na favela.

  10. Vinicius Alcantara disse:

    Parabéns, Lúcio! Fico feliz em saber que existem pessoas que combatem o sistema, expondo-o de coração aberto e de fronte apontada para o horizonte.
    Seu fã.
    Vinicius Alcantara

  11. Jardel disse:

    O ditado “Diz com quem tua andas que te direi quem és ” nunca é verdade pós tem casos de bandido com bandido e outros casos que são apenas amigos ou estão no mesmo ambiente e vidas que não se condiz nada … Sou fã do Adriano dentro do campo e a vida dele fora não me deve satisfação … Torço muito pra não acontecer nada de ruim com ele . Vejo nele um bom homem . Já os poderosos de revistas , jornais e Tv são os manipuladores cruéis e porcos como sempre.

  12. BVaz disse:

    Excelente! Parabéns pela reportagem. A Enseja vem mal não é mesmo de hoje. Brilhantes palavras e observações de Galeano!

  13. João Paulo Meira disse:

    Lucio, parabéns por mais um impecável texto. Só gostaria de acrescentar mais uma daquelas omissões que citastes, durante o pódio da medalha de ouro do Cielo em 2008, quando a câmera focalizou Coaracy Nunes, Galvão Bueno em alto e bom som, o classificou como “Um Batalhador”.

  14. Tobias disse:

    Em apenas uma palavra: excelente

  15. Wellington Siqueira disse:

    Primoroso texto Lúcio. Parabéns!

  16. Ivan Siqueira disse:

    É fácil fazer jornalismo quando se é competente e, PRINCIPALMENTE, íntegro.

    Parabéns, Lúcio de Castro. Há tempos que o Adriano merecia uma “defesa” de alguém da sua envergadura moral e profissional.

  17. Professor disse:

    Lucio que inveja… Ter um texto de Eduardo Galeano no meu email, dirigido a mim. Vou te confessar , odeio escrever em rede social, mas você cara, vc é foda!!!!

  18. Luís Henrique disse:

    Espetacular, como sempre. Parabéns, Lúcio, prossigamos!

  19. Ronan Aquino Barradas disse:

    Eu lembro do Lúcio de Castro na época da ESPN falando sobre o jornalismo-manja praticado aqui no Rio de Janeiro. Uma espécie de jornalismo cujo o único objetivo era denegrir a imagem dos jogadores invadindo suas respectivas vidas pessoais e, através do escárnio, lucrar com venda e repercussão em cima disso.

    A impressão que eu tenho é que esse jornalismo-manja cresceu, foi sendo alimentado, o julgamento baseado num moralismo torto foi cada vez mais sendo incorporado à essa narrativa, os cuervos do golpe fingiam não ver e aí chegamos nessa. Temo que ainda não tenhamos chegado ao fundo do poço.

  20. Alexandre disse:

    É impressionante a sensibilidade do Lúcio ao escrever. Além disso, investiga e é justo!
    Sem exagero, já está na hora de um maior reconhecimento ao Lúcio, quem sabe a prêmios literários no país, quiçá do mundo!
    Obrigado, Lúcio de Castro

  21. Como é bom saber que ainda temos bons textos. Parabéns

  22. Joka Madruga disse:

    Ótimo texto. Semana passada estive no RJ e participei de um debate com Claudia Santiago e João Ripper sobre as diferenças de narrativas na imprensa. Que é isto que você publicou. Necessário compartilhar. Abcs Lucio.

  23. Rodrigo Ribeiro disse:

    Mais um espetacular e revelador texto.
    E quem nunca pecou que atire a primeira pedra. Adriano é mais uma vítima deste sistema que usa e abusa das pessoas e as descarta como bagaços de laranja.

  24. Patrícia de Oliveira Cardoso disse:

    Meu Deus, que bálsamo, em meio a tanto obscurantismo! Parabéns pelo texto fantástico! Pela democracia sempre!

  25. Rodrigo disse:

    Que bom ler essa coluna, Lúcio.

  26. Lúcio de Castro você é uma dádiva e um alento para as pessoas que ainda acreditam neste país. Parabéns e continue nessa luta meu caro.

  27. Sérgio Moraes disse:

    Grande Lucio!

  28. Andre Artagao disse:

    Como todos os textos do Lucio, pertinente e direto ao ponto. Parabéns por iluminar a obscuridade da hipocrisia e do falso e injusto moralismo!

  29. Paulo Eduardo Cipriano disse:

    Lúcio,parabéns pelo texto!!!!

  30. Roberto disse:

    Parabéns, Lúcio.

  31. KLEBER disse:

    LÚCIO SEU CANAAALHA….(NO BOM SENTIDO DA PALAVRA)…CANALHA COM OS MEDÍOCRES, CANALHA COM A BURGUESIA E OS FIDALGOS FRACASSADOS DESSA ETERNA COLÔNIA… PARABÉNS…VOCÊ FAZ MUITA FALTA PARA A TV…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.